Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

Primeiros colocados dos "Desafios 2011" recebem medalhas e certificados


 

No dia 22 de novembro, foi realizada a cerimônia de entrega de medalhas e certificados aos primeiros colocados dos Desafios PUC-Rio 2011, seguida de coquetel destinado a alunos, professores e pais.

Por meio dos departamentos de Física, Química e Matemática, o Centro Técnico Científico (CTC/PUC-Rio) realiza os desafios pelo quarto ano consecutivo. A iniciativa é destinada a estudantes do Ensino Médio que queiram seguir uma das três carreiras.

De acordo com o professor André Pimentel, responsável pelo desafio da Química, as provas visam descobrir e aperfeiçoar jovens talentos focados em cada uma das disciplinas. Os exames seguem o mesmo padrão adotado nas olimpíadas nacionais, com exercícios desafiadores e dinâmicos. “O CTC está em busca de alunos com elevado potencial: competitivos, estudiosos e dispostos a enfrentar—e se destacar”, revela o professor.

Ainda segundo André, além das oportunidades de bolsa dadas nos Desafios 2011, os cursos dispõem de uma bolsa integral para medalhistas nas respectivas Olimpíadas Brasileiras de Física, Matemática e Química, independentemente de o candidato ter participado ou não dos desafios.

 Entre os estudantes, uma certeza: valeu a pena - foto: divulgação 
 Entre os estudantes, uma certeza: valeu a pena - foto: divulgação 

O estímulo dado aos estudos e à escolha da carreira, com a atribuição de medalhas, é um sentimento comum entre os primeiros colocados, como Danilo Augusto – ouro em Física e prata em Matemática - e Caroline Teixeira, bronze em Química.

Para Danilo, foi uma honra vencer os obstáculos e ser digno da medalha de ouro no assunto pelo qual possui grande paixão. Caroline, por sua vez, acredita que a ação agrega alunos afinados à área das Ciências Exatas, com o que concorda Paulo Roberto Mendes, menção honrosa em Física: “Os desafios são uma ideia ousada e inovadora, pois os candidatos têm a chance de testar seu potencial e direcionar seus objetivos a uma ou outra especialização”.

Daniel Carletti, que obteve ouro em Matemática e menção honrosa em Física, apreciou a oportunidade de encontrar os colegas que também receberam premiações e sentiu-se honrado com as conquistas.

̶ Foi muito legal. Tive a ‘sorte’ e a inspiração do momento e fiquei muito feliz e orgulhoso com as fotos com a família, congratulações e até mesmo o coquetel, que estava muito bom. Mas o mais importante foi a possibilidade de conhecer o Departamento de Matemática da PUC e sua excelência, com a acolhida amistosa de seus membros. Na visita, os professores Sinésio Pesco e Nicolau Saldanha mostraram o que realmente é ser um matemático, as reais possibilidades de atuar no mercado, em ensino e pesquisa, e de evoluir na área acadêmica realizando mestrado e doutorado, além de complementar os estudos no exterior. Também contaram a trajetória brilhante dos seus alunos e ex-alunos.

Para Victor Chaves, o outro ouro da Matemática, o desafio foi uma prova decisiva:

̶ Não foi apenas uma prova difícil, foi minha chance de conquistar meu espaço como futuro aluno de graduação da PUC-Rio. A maioria das pessoas, no momento do Vestibular, presta concursos para conseguir sua vaga na faculdade e seguir em frente, a prova é um mero degrau. Na PUC, os desafios já são uma oportunidade para cada estudante mostrar seu valor, sua vontade de resolver problemas e de encarar a disputa para estar entre os melhores. A sensação de obter o ouro foi única, momento em que recebi minha maior recompensa pelo esforço e dedicação em meus estudos.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

 

Publicada em: 30/11/2011

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!