Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

Pequenos robôs, grandes vitórias


Riobotz alcança a marca de 29 medalhas conquistadas na RoboGames, com direito a robôs movidos a energia solar

Com uma medalha de ouro e três de bronze, a equipe RioBotz/PUC-Rio, formada por alunos de graduação do curso de Engenharia de Controle e Automação, Mecânica e Elétrica, chega à marca de 29 medalhas conquistadas nas sete vezes em que competiu no maior evento internacional de robótica, a RoboGames. A competição foi realizada entre 20 e 22 de abril em San Mateo, Califórnia, e reuniu as equipes mais especializadas, de todo o mundo, em robôs autônomos e de combate de diferentes tamanhos, pesos e categorias.

- Nos combates, um dos bronzes ficou para o robô Pocket, o menor robô de combate do Brasil, na categoria fairyweight, de 150 gramas. É um desafio enorme projetar um robô resistente respeitando esse limite de peso, tivemos que usar fibra de carbono, titânio, e até balsa para deixar sua estrutura bem leve. O outro bronze veio do sumô, com o Pé de Boi, de 3kg, que já havia sido campeão mundial, orgulha-se o professor Marco Meggiolaro, coordenador da RioBotz.

O desempenho literalmente brilhante de mais dois robozinhos rendeu medalhas de ouro e de bronze em duas novas categorias de robôs movidos a energia solar, denominadas BEAM (Biology, Electronics, Aesthetics, and Mechanics), dividindo o pódio com equipes do Egito e da India. A sigla significa que os robôs, apesar de serem sistemas mecânicos e eletrônicos tradicionais, precisam também se inspirar na natureza usando conceitos de biologia, e até de estética, para executar suas tarefas eficientemente e com baixo consumo de energia, no caso, a solar.

- Em uma das categorias, a Speeder, os robôs precisam atravessar uma pista iluminada o mais rápido possível. Na outra, Photovore, o robô precisa procurar e se locomover por conta própria até uma fonte de luz, esclarece Meggiolaro.

No link abaixo, o trailer de uma produção americana sobre a jornada da RioBotz/PUC-Rio na RoboGames 2012:

http://www.youtube.com/watch?v=t7AXb_55J1A

__________________________

Nota:

Embora o foco da RioBotz/PUC-Rio (http://www.riobotz.com.br) seja a construção de robôs de combate, as tecnologias envolvidas são aplicáveis a diversos setores, como a indústria de energia, petróleo, médica, além da localização de sobreviventes de desabamentos, mecanismos de cadeiras de rodas e esquadrões antibombas.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

Publicada em: 08/05/2012

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!