Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

Papel do investimento sustentável no mercado acionário brasileiro é tema de artigo premiado em conferência internacional


 Artigo é derivado de dissertação de mestrado da Engenharia industrial, orientada pelo professor Carlos Patricio Samanez

A sustentabilidade é um tema cada vez mais evidente nos mercados de capitais, e seus impactos podem ser já observados nas atividades de investimento, nos relatórios financeiros, nas instituições financeiras e nas bolsas de valores. Para obter acesso a recursos, nos próximos anos, as empresas deverão se adequar aos novos critérios sustentáveis de alocação de capital impostos pelas grandes instituições financeiras mundiais e nacionais.

A consequência mais importante da inclusão da sustentabilidade nos mercados de capitais foi o surgimento de uma nova modalidade de investimento – o investimento sustentável – que tem o intuito de inserir fatores ambientais, sociais e de governança corporativa nas atividades tradicionais de investimento. 

 

Com o propósito de analisar o desempenho dos Índices de Sustentabilidade Empresarial da BM&FBOVESPA, objetivando evidenciar o desempenho dos investimentos sustentáveis no mercado acionário brasileiro, o artigo Performance analysis of sustainable investments in the Brazilian stock market, de autoria de Felipe Arias Fogliano de Souza Cunha, do Departamento de Engenharia Industrial, foi premiado como The best student Project in the Category Master, no âmbito da XVIII International Conference on Industrial Engineering and Operations Management (ICIEOM), realizada em julho de 2012, em Portugal. O prêmio é oferecido pelo comitê do congresso.

 

 certificado emitido pelo comitê científico do<BR>
congresso, que atesta o recebimento do prêmio
 certificado emitido pelo comitê científico do
congresso, que atesta o recebimento do prêmio

 

O artigo é derivado da dissertação de mestrado Análise de desempenho dos investimentos sustentáveis no mercado acionário brasileiro: um estudo sobre o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), e foi elaborado em coautoria com o professor Carlos Patrício Samanez, seu orientador. 

 

Segundo Samanez, o Banco Mundial disponibiliza recursos oriundos de países europeus que visam patrocinar projetos redutores de emissão de carbono em países em desenvolvimento, no contexto do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) do Protocolo de Quioto. O BID estipulou que 25% de seus recursos emprestados até 2015 deverão atender prioritariamente a projetos voltados para as áreas de mudanças climáticas, energias renováveis e desenvolvimento sustentável. O BNDES, em 2010, criou uma Metodologia de Análise de Empresas para processos de apoio financeiro, na qual as perspectivas de ativos intangíveis (como o perfil de sustentabilidade e de inovação das empresas) são fatores fundamentais. A FINEP, por sua vez, estima que 35% de sua carteira de projetos reembolsáveis contratados ou em contratação estão relacionados de alguma forma ao conceito de sustentabilidade. A fomentadora informa ainda que esses investimentos têm crescido de forma expressiva a uma taxa anual de 20%.

 

- Esses fatos demonstram a importância de as empresas brasileiras se adequarem ao novo contexto, de forma a garantir acesso aos recursos dos bancos de fomento, sejam eles oriundos de financiamento ou aporte de capital, conclui o orientador, destacando que a importância do trabalho é fornecer subsídios a empresas, órgãos governamentais, academia, investidores, bem como a outros atores interessados na evidenciação dos resultados dos ISs no âmbito nacional, para que estes possam implementar suas estratégias, políticas e investimentos de forma criteriosa, baseados em constatações quantitativas e qualitativas.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

Publicada em: 18/07/2012

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!