Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

Centro de Estudos e Pesquisas BRICS, do IRI, é escolhido como um dos melhores "Think Tanks" do mundo


Pelo quarto ano consecutivo, o BPC (sigla do inglês), conquista relevantes classificações no 2014 Global Go To Think Tank Index Report

Pelo quarto ano consecutivo, o Centro de Estudos e Pesquisas BRICS/BRICS Policy Center (BPC), fruto da parceira entre o Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio (IRI) e da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, foi escolhido como um dos melhores Think Tanks do mundo, tendo conquistado relevantes classificações no 2014 Global Go To Think Tank Index Report, que examina o desempenho de 6.681 organizações. O relatório é elaborado no âmbito do Think Tanks and Civil Societies Program (TTCSP), da Universidade da Pennsylvania.

 

Os Think Tanks são organizações ou instituições independentes que atuam nos campos econômico, político, científico, social, entre outros, produzindo e difundindo conhecimento sobre assuntos estratégicos, com vistas a influenciar e embasar transformações em todas essas áreas.

 

Em 2014, o BPC foi classificado entre os melhores Think Tanks em nove categorias. Entre elas - vide tabela abaixo - destacam-se o oitavo lugar na categoria Best University Affiliated Think Tank e o primeiro lugar na categoria Think Tank to Watch.

 

Além do reconhecimento do BPC entre os dez melhores Think Tanks associados a universidades, outra categoria digna de nota é a Best policy study/report produced by a Think Tank, em que alcançou o 39o lugar (entre 47 estudos listados no ranking), com o Policy Brief: The Brazil and South-South Cooperation: How to Respond to Current Challenges, elaborado pelos professores Paolo de Renzio, Geovana Zoccal Gomes, João Marques da Fonseca e Amir Niv.

 

Para o professor Paulo Esteves, Coordenador de Pós-Graduação do IRI, trata-se, em primeiro lugar, de importante reconhecimento dos esforços empreendidos pelo IRI e pelo BPC para a superação da distância entre produção de conhecimento e formulação de políticas, bem como do impacto de sua produção.

 

- No entanto, tal reconhecimento assinala, sobretudo, o sucesso da associação entre pesquisa cientificamente orientada e formação acadêmico-profissional. Seguindo a vocação de um Think Tank associado a uma universidade, a equipe liderada pelo professor Paolo de Renzio inclui alunos em diferentes estágios de sua formação – da graduação ao doutorado – demonstrando, claramente, o sucesso da combinação entre pesquisa e formação acadêmica, assinala Esteves.

Ele acrescenta, que, entre as dimensões avaliadas, é importante destacar o reconhecimento do BPC em quinto lugar em Best Think Tank Conference. Tal distinção, atribuída ao Centro nos últimos dois anos, expressa o amplo reconhecimento internacional dos esforços do IRI e do BPC para a criação de espaços de debate acadêmico e diálogo político relevantes nas áreas de resolução de conflitos, cooperação para o desenvolvimento, política nuclear, inovação, comércio internacional e desenvolvimento urbano.

A criação desses espaços contribuiu também para a posição atribuída ao BPC em duas outras categorias: Best Think Tank Network e Best transdisciplinary research program at a Think Tank. Nessas categorias o BPC alcançou a 10a e 6a posições, respectivamente.

- Cabe, ainda, um especial agradecimento à equipe técnica do IRI e do BPC responsável por nossa classificação em 22o lugar em Best managed Think Tank e Best use of Social Networks, finaliza Esteves.

BRICS Policy Center no 2014 Global Go To Think Tank Index Report

8o lugar

Best University Affiliated Think Tank

1o lugar

Think Tank to Watch

4o lugar

Best New Paradigm Developed by a Think Tank

39o lugar

Best policy study/report produced by a Think Tank

5o lugar

Best Think Tank Conference

10o lugar

Best Think Tank Network

6o lugar

Best Transdisciplinary Research Program at a Think Tank

22o lugar

Best managed Think Tank

22o lugar

Best use of Social Networks

 

No relatório, as menções ao BPC encontram-se nas páginas 118, 120, 123, 125, 127, 130, 132, 134 e 136. O documento pode ser acessado na íntegra em: http://goo.gl/Vw2r8o.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

Publicada em: 27/01/2015

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!