Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

"Borajunto" no caminho do sucesso


Aplicativo Borajunto Táxi, desenvolvido por jovens empreendedores, entre eles um aluno de Design para Mídia Digital, vence Desafio Mundial de Mobilidade Urbana do Michelin Challenge Bibendum

 

 

O aplicativo Borajunto Táxi (www.borajuntotaxi.com), desenvolvido por um grupo de quatro jovens, do qual faz parte Pedro Dias, aluno do 9º período de Design para Mídia Digital, venceu o Desafio Mundial de Mobilidade Urbana do Michelin Challenge Bibendum (MCB) 2014, realizado, em novembro, na China. Como o nome indica, o Borajunto tem o intuito de reunir pessoas que farão um mesmo trajeto e ajudá-las a economizar em suas idas e vindas.

 

Inscrito no MCB como time Aquarius, o grupo apresentou a proposta na final do Student Constest do MCB junto com mais dois times franceses e um indiano. Ao todo foram 315 times inscritos, oriundos de 38 países. O júri do desafio foi composto por grandes empresários de empresas como GDF Suez, Michelin e PSA Peugeot-Citröen (http://www.challengebibendum.com/eng/Chengdu-2014-Global-Summit/Associated-Events/Students-lead-the-way-to-the-future).

 

Desde 1998, o MCB reúne políticos, industriais, cientistas, membros de organizações internacionais e representantes da mídia para discutir os desafios e soluções para a mobilidade sustentável. A intenção maior é mostrar que o progresso é feito de mobilidade.

 Apresentação do time Aquarius, durante a premiação do MCB - crédito: divulgação</STRONG><STRONG> 
 Apresentação do time Aquarius, durante a premiação do MCB - crédito: divulgação 

Em junho do ano passado, o grupo de empreendedores formado por Guilherme Pim, Ticiana Ribeiro, Wylliam Lima, e o aluno Pedro Dias, foi selecionado pelo Startup Rio, programa de incentivo a projetos de tecnologias digitais do Governo do Estado do Rio de Janeiro. Ao longo do programa, os jovens receberam orientações de grandes órgãos e empresas como o Sebrae e a Google; durante o primeiro Google Launchpad brasileiro - curso intensivo com 12 especialistas da companhia voltado a start-ups - desenvolveram o conceito do Borajunto Táxi.

 - Com cinco mil pessoas pré-cadastradas antes do lançamento, tomamos a decisão de iniciar as ações somente com alunos da PUC-Rio. Por sinal, a ideia do aplicativo surgiu dentro da Universidade, quando os jovens resolveram juntar alunos em grupos do Whatsapp, identificar trajetos semelhantes e combinar de dividir o transporte.

 

É tudo muito simples: os usuários entram com a conta do Facebook, indicam o itinerário e quando vão. O aplicativo, então, exibe as pessoas que farão caminhos semelhantes. É possível visualizar o perfil daqueles com quem pretende fazer o compartilhamento e verificar se possuem amigos em comum, número de corridas que já dividiram dentre outras informações. Por último, os usuários iniciam uma conversa que comporta até quatro pessoas para alinhar os detalhes da divisão.

 

Com o aumento da procura pelo serviço, os criadores resolveram ampliar o alcance do projeto. O aluno Pedro Dias conta que as experiências têm sido bem positivas, assinalando que o prêmio foi uma confirmação de que seguiram um bom caminho no ano passado. “Os usuários gostam muito da proposta do aplicativo e também de sua simplicidade”, comemora, lembrando como foi importante irem “ao outro lado do mundo” contar sua história e serem reconhecidos pelo desenvolvimento.

 

- Nosso maior desafio se dá devido à necessidade de ter uma grande massa de usuários ativos para que os compartilhamentos aconteçam com frequência. Estamos nos esforçando para promover o aplicativo em locais que já aglomeram um grande número de pessoas em horários parecidos. Sob esse ponto de vista, a PUC continuará sendo um grande local de testes para nós, visto que seus alunos são nossos early adopters, revela . E acrescenta:

  

- Para nós, entretanto, é muito mais importante fazer com que nosso trabalho possa ajudar cada vez mais pessoas a ter um ir e vir mais confortável, seguro e econômico. Para isso, fizemos os grupos de Whatsapp para alunos da PUC conversarem entre si e compartilharem caronas, depois o aplicativo para dividir táxis, e agora já olhamos para o futuro com novas possibilidades.

 

Neste momento, a grande dificuldade enfrentada pelo grupo é a de monetização. Seus produtos sempre tiveram um viés muito social, não considerando tanto o retorno em dinheiro. “Hoje temos somado parceiros, interessados em fazer o Borajunto dar certo, e isso começa a nos mostrar que a monetização é só questão de tempo”, acredita.

 

Sobre o futuro, Pedro pretende, antes de tudo, se formar. “Um  dos meus sonhos é dar aula um dia, portanto a pós-graduação sem dúvida marcará presença na minha trajetória. Já sobre os novos empreendimentos, Pedro comenta que existem produtos sendo desenvolvidos com alguns parceiros, sob sigilo.

 

Provavelmente, em breve, daremos notícias sobre eles. Também sonhamos em um dia fazer um produto exclusivo para ajudar alunos e funcionários da PUC a se transportar com mais inteligência. A comunidade PUC-Rio foi fundamental para os primeiros passos do Borajunto e até hoje podemos contar com a ajuda de diversos alunos e funcionários, que, de variadas formas, continuam colaborando para o crescimento e expansão do projeto. 

 

 O aplicativo pode ser baixado nos seguintes endereços:

 

iPhone: https://itunes.apple.com/app/borajunto-taxi/id934424642?ign-mpt=uo%3D5

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.borajunto

 

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

Publicada em: 06/02/2015

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!