>Pós-Graduação e Pesquisa>

Notícias da Pós-Graduação

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
 


Seção: Noticias  

Pausa para reflexão

Pibid/PUC-Rio realiza seu III Encontro Institucional com programação diferenciada e presença maciça de escolas parceiras

 

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência da PUC-Rio, Pibid/PUC-Rio, realizou seu III Encontro Institucional. Com o tema O impacto nas escolas, o encontro reuniu coordenadores e bolsistas da Universidade, e diretores, coordenadores e professores das escolas parceiras. As atividades dos dois dias de programação compreenderam palestras, mesas-redondas e sessão de pôsteres.

A cerimônia de abertura contou com a presença do Vice-Reitor para Assuntos Acadêmicos da PUC-Rio, professor José Ricardo Bergmann, da coordenadora central de graduação, professora Daniela Vargas, da coordenadora institucional do programa, professora Maria Rita Passeri Salomão, do diretor da Educação, professor Ralph Bannel, do professor supervisor do projeto da História, Ilmar Rohloff de Mattos, e das diretoras do Colégio Teresiano e da Escola Municipal Christiano Hamann.

O Vice-Reitor destacou a motivação observada em todos os integrantes do Programa, que, segundo ele, é reflexo da dinâmica e a dimensão atingidas pelo Pibid na Universidade. Agradecendo, em especial, aos representantes das escolas parceiras, Bergmann reforçou ser uma das prioridades da Universidade a valorização da formação de professores do Ensino Básico.

A professora Daniela Vargas elogiou a superação e a resiliência do Pibid/PUC-Rio frente às adversidades deste ano: “foi necessário muito empenho administrativo, dos coordenadores, dos bolsistas e dos parceiros das escolas para manter o programa com as suas proporções. As vitórias se devem à qualidade e à agilidade para a solução e, até mesmo, à antecipação de problemas”, sublinhou Daniela.

O diretor do Departamento de Educação, professor Ralph Bannell, comentou que o Pibid da PUC-Rio deveria servir de modelo para o estágio e a prática de ensino. As diretoras do Colégio Teresiano, Gloria Nascimento, e da Escola Municipal Christiano Hamann, Ligia Guedes, sublinharam a importância da valorização dos professores através do exercício de sua profissão, alcançada pelo Programa.  

Citando Carlos Drummond de Andrade, Gloria Nascimento lembrou do sonho que persiste ante o enfrentamento de inúmeros problemas pela classe docente, ressaltando que todas as profissões passam pelo professor; já Ligia mencionou a compatibilidade entre a filosofia de formação de professores da Universidade e a da escola, muito importante para a interação: “Sempre achei que a proximidade com a PUC-Rio traria uma parceria natural, e somos parceiros há muitos anos”.

A coordenadora institucional do Pibid/PUC-Rio, professora Maria Rita Passeri Salomão, encerrou a cerimônia de abertura dos trabalhos realizando um balanço de toda a trajetória positiva do Programa e de seus encontros, e enfatizando o crescimento do programa em conjunto com o crescimento das licenciaturas na Universidade, cujos números, em alguns departamentos, já superaram os dos bacharelados.

Além da Escola Municipal Christiano Hamann, participam do Pibid os centros educacionais Ignácio Azevedo do Amaral, Professor Antônio Maria Teixeira Filho, e Visconde de Cairu, e as escolas municipais George Pfisterer, São Tomás de Aquino e Sérgio Vieira de Melo.

Maria Rita agradeceu a maciça adesão ao programa, que possibilitou sua solidez, e rememorou as atividades desenvolvidas em 2015, tais como a ampliação da formação dos bolsistas através de atividades culturais como exposições, cinema e teatro e da participação em eventos em todo o país, além do intercâmbio de professores por intermédio do Programa Rede Mercosul de Mobilidade de Docentes.

O encontro institucional está previsto no edital da Capes como uma atividade dos Pibids que deve ser realizada anualmente. O da PUC-Rio, este ano, teve programação inovadora, que buscou valorizar o aluno bolsista e os professores das escolas e da Universidade.

Na mesa-redonda entre os professores supervisores das escolas participantes, foram ressaltadas a percepção positiva dos alunos sobre o programa e a Universidade, a mudança de perspectivas em relação ao acesso ao ensino superior e a possibilidade de renovação dos docentes das escolas com a chegada do Pibid.

Já as mesas-redondas que envolveram os alunos bolsistas, autores de trabalhos, abordaram as experiências com a participação em fóruns pelo país, e propiciaram o diálogo entre os diferentes projetos.

- A palestra Reflexões sobre a Base Nacional Curricular Comum, ministrada por Edgar Lyra Neto – professor supervisor do Pibid da Filosofia – e Marcelo Burgos – professor da Sociologia -, ambos assessores da Secretaria de Educação Básica do MEC para a elaboração da Base Nacional Curricular Comum, despertou enormemente o interesse de todos os participantes do encontro em virtude da atualidade do tema, comentou Maria Rita.

Para ela, o encontro, que reuniu cerca de 300 pessoas, possibilitou reflexões e trocas de experiência importantíssimas, além de análises inovadoras e produtivas para o planejamento de 2016.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

 

 

Publicada em: 18/11/2015


Imprimir esta página
 

 

Voltar


Powered by Publique!