Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Projetos  

PUC-Rio é única universidade brasileira a participar da 56ª Assembleia dos Estados Membros da Organização Mundial de Propriedade Intelectual


Universidade foi representada pela equipe RioBotz, exemplo da capacidade inovadora brasileira

 

 

A PUC-Rio foi a única universidade brasileira presente à 56ª Assembleia dos Estados Membros da Organização Mundial de Propriedade Intelectual - OMPI/WIPO - World Intellectual Property Organization, realizada de 5 a 11 de outubro, em Genebra, na Suíça. 

 

A Universidade foi representada pela equipe RioBotz, considerada um exemplo da capacidade inovadora brasileira. A ideia partiu da Diretora da OMPI para a América Latina e o Caribe, Beatriz Amorim-Borher, em articulação com a representação diplomática brasileira junto à organização, por ocasião de reuniões de trabalho realizadas com a participação da Coordenadora Executiva da Agência PUC-Rio de Inovação (AGI/PUC-Rio), Shirley Coutinho.

 

Para Beatriz Borher, "ter a RioBotz na exposição brasileira durante as Assembleias Gerais da OMPI, onde circulam cerca de 2000 pessoas, foi um orgulho tanto pela grande capacidade inovadora do projeto quanto pelo exemplo de trabalho de equipe envolvendo docentes e alunos".

 

Supercampeã em várias modalidades de olimpíadas robóticas internacionais, a equipe foi destaque, há poucos meses, na BattleBots, competição da TV aberta americana e conta com milhares de seguidores nas redes sociais.

 

Formada por alunos de Engenharia de Controle e Automação e coordenada pelo professor Marco Antonio Meggiolaro, da Engenharia Mecânica, a Riobotz teve fotos e vídeos dos seus robôs expostos em painéis no hall de entrada do Edifício-Sede da OMPI, onde foi realizado o evento. 

 

— A RioBotz demonstrou, em um evento de nível mundial, a excelência da pesquisa e desenvolvimento realizados na PUC-Rio, integrando diversas áreas do saber, em que a criatividade e a tecnologia são protagonistas, afirma a Coordenadora da AGI, Shirley Coutinho.

 

Ao lado da Embraer e de outros produtos e serviços brasileiros cujas marcas registradas são reconhecidas mundialmente, a delegação brasileira incluiu, no dia do Brasil, a apresentação de um leque abrangente de setores da economia e do folclore brasileiros, e de sistemas de proteção da propriedade intelectual por meio de patente, marca, desenho industrial, indicação geográfica, direitos de autor etc.

 

Entraram no programa a cachaça, como bebida típica do país, o café Alta Mogiana (da Fazenda Bela Época), o trabalho das rendeiras de Sergipe capitaneado pela designer de moda Martha Medeiros, os objetos criativos do Estúdio Campana — dos designers e irmãos Fernando e Humberto Campana — e a culinária do chef paraense Thiago Castanho.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

 

Publicada em: 18/10/2016

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!