Prêmios, Projetos e Destaques Acadêmicos

Imagem de uma das entradas da PUC-RIO pela Rua Marquês de São Vicebte
Voltar
 


Seção: Prêmios  

Trabalho de aluna do IAG, na área de gestão de pessoas, é contemplado com o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia, da ABRH


Pela quarta vez, desde 2010, quando foi criada a categoria trabalhos acadêmicos, alunos da PUC-Rio são premiados

 

Com o tema As práticas de gestão de pessoas mais valorizadas pela geração Y, a pesquisa da aluna Gabriela Bernardi Melo, do Instituto de Administração e Gerência (IAG), foi premiada na categoria Melhor Trabalho Acadêmico, do Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia, concedido, anualmente, pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-Brasil).

O trabalho busca entender como uma geração de jovens com características distintas das demais ocupa cada vez mais espaço no mercado de trabalho e impacta o ambiente organizacional, a geração Y. Questiona ainda se as práticas de gestão de pessoas tradicionais são as mais adequadas para atrair e reter os jovens Y, em especial em um momento de recessão.

"O estudo objetiva ajudar a responder esse questionamento, identificando as práticas de gestão de pessoas mais valorizadas pela geração Y na escolha de oportunidades de estágio, em pesquisa de campo realizada com 335 alunos de graduação de cursos distintos de instituições públicas e privadas no estado do Rio de Janeiro", esclarece a professora Patrícia Ítala Ferreira, do IAG PUC-Rio, orientadora do trabalho. Patrícia também orientou um dos artigos finalistas do prêmio, da aluna Jessica Gomes Santos, intitulado Avaliação de ações educacionais: um estudo de caso na Universidade do Petróleo.

A premiação foi realizada no dia 29 de novembro, com a presença de aproximadamente 200 convidados, entre eles, presidentes de empresas, autoridades do Executivo e do Legislativo, membros da ABRH-Brasil e profissionais representativos da área de RH do Rio de Janeiro. Pela quarta vez, desde 2010, quando foi criada a categoria trabalhos acadêmicos, alunos da PUC-Rio são premiados.

- O prêmio é muito importante porque é concedido por uma instituição conceituada na área de recursos humanos e é mais um indicador da qualidade do corpo discente e docente da PUC-Rio. Ganhar esta premiação por dois anos consecutivos garante, à PUC-Rio, grande destaque, tanto acadêmico como profissional, até mesmo porque desde que a categoria trabalhos acadêmicos foi criada, em 2010, alunos da PUC foram vencedores em quatro anos e em um outro ano tivemos alunos finalistas, sublinha Patrícia.

Instituído pela ABRH-Brasil em 1993, o Prêmio Ser Humano Oswaldo Checchia se consolidou como instrumento de valorização das melhores iniciativas dedicadas ao desenvolvimento das pessoas dentro e fora das organizações, assim como de estímulos ao pensamento criativo e identificação de novos talentos. O nome do Prêmio é uma homenagem a Oswaldo Checchia, um dos fundadores da ABRH-Brasil e grande articulador para o reconhecimento da área de Recursos Humanos como estratégica nas organizações.

 

Por Renata Ratton

Assessoria de Comunicação

Vice-Reitoria Acadêmica

 

Publicada em: 12/12/2016

 
Imprimir esta página
 
Busca:
Voltar

Powered by Publique!